Home » Cirurgia Plastica Feminina, Cirurgia Plastica Masculina, Clinica de Estética

Olheiras

Submitted by on 10/11/2012 – 11:16 pm2 Comentários | 15,580 views

olheiras

Os olhos são talvez a região corporal de maior expressão quando se analisa a face de uma pessoa. Exatamente por isso, à medida que envelhecemos, uma das mudanças mais comumente notadas é o aparecimento de círculos escuros sob as pálpebras, as chamadas olheiras. Afinal , qual mulher que nunca se pegou diante do espelho pensando por que esse terrível visual de urso panda insiste em acompanhá-la ao longo da vida? A resposta é mais simples do que se possa imaginar. Isso ocorre devido à ação da idade e exposição ao Sol, que provocam o adelgaçamento da pele e tecidos moles localizados ao redor da borda óssea orbital inferior. Uma faixa de tecido fibroso chamado ligamento orbitomalar se liga a pele por baixo da pálpebra inferior conectando-a a cavidade ocular. Na juventude, devido à gordura presente ao redor do globo ocular, da pele mais espessa sobrejacente e tecidos moles em torno desta estrutura, esse ligamento é geralmente invisível. No entanto, com atrofia dos tecidos adjacentes e afinamento da pele devido ao envelhecimento, temos o aparecimento de uma divisão entre a região orbital e malar, que corresponde ao sulco nasojugal, onde a projeção da luz sobre ele forma uma sombra, que resulta visualmente em olheiras, que dão uma aparência envelhecida e cansada ao paciente. Felizmente a medicina estética moderna dispõe de um excelente tratamento não invasivo para essa deformidade, suavizando ou eliminando de forma segura e eficaz as incômodas olheiras.

CAUSAS E TRATAMENTO PARA OLHEIRAS

O correto tratamento para essa deformidade ocular tem início com a análise de suas causas. As olheiras são resultantes de duas causas básicas. A primeira se deve a retenção de líquidos e gordura localizada, levando ao aparecimento de bolsas que formam uma sombra na região logo abaixo dos olhos. A segunda causa é devido a fina espessura da pele abaixo dos olhos , que tornam evidentes os vasos sanguíneos localizados sob a pálpebra inferior, e resultam em um tom escurecido abaixo da região ocular. Várias opções de tratamento para a dissimular a deformidade do sulco nasojugal existem, mas todas elas são baseadas nos dois princípios a seguir:

1) Aumentar ( engordar ) a espessura tecidual na região órbito malar, por exemplo utilizando injeções de gordura ou preenchedores a base de ácido hialurônico ou;

2) Interromper completamente o ligamento utilizando a cirurgia de blefaroplastia ( cirurgia da pálpebra inferior ), que remove as bolsas de gordura abaixo dos olhos, de modo a acabar com a divisão entre a região órbital e malar, responsável pela formação da sombra correspondente as olheiras.

Ambos os princípios de tratamento têm suas vantagens e desvantagens e a adequação de cada opção de tratamento varia de paciente para paciente. Por exemplo, alguns pacientes beneficiam de uma combinação de ambos, cirurgia e preenchimento com biomateriais. Na Clínica Bioplástica você irá conhecer as múltiplas opções de tratamento disponíveis para o seu caso e nossa equipe médica irá lhe aconselhar sobre a melhor opção segundo suas características individuais. Veja a seguir em detalhes as melhores soluções para eliminar as olheiras.

1) PREENCHIMENTO INJETÁVEL COM ÁCIDO HIALURÔNICO (Restylane e Perlane)

Um tratamento cada vez mais popular é a utilização de substâncias preenchedoras injetáveis, especialmente em pacientes ao redos dos 30-40 anos, para, essencialmente, preencher os sulcos nasojugal e palpebrolacrimal. Comumente neste grupo etário, a perda de volume, na junção entre a face superior e inferior da pálpebra, torna visível a divisão entre a região palpebral e malar ( sulco nasojugal), sendo este em muitos casos o único sinal evidente de envelhecimento. A simples reposição desse volume perdido, sem a necessidade de cirurgia podem conduzir a uma melhoria dramática. Ao longo da última década cada vez mais agentes de enchimento injetáveis, tais como Restylane e Perlane, baseados em ácido hialaurônico, uma substância já naturalmente presente produzida pelo nosso organismo, têm sido utilizados para essa finalidade com segurança e eficácias excelentes.

tratamento para olheiras

Fig 1. – O preenchimento com Restylane promove ótimos resultados no tratamento das olheiras

O objetivo do tratamento consiste em colocar o material de enchimento de profundidade abaixo da pele e dos tecidos moles em torno do ligamento orbitomalar, aumentando o volume da região, fazendo com que o sulco palpebromalar apareça mais raso e acabe com a formação de uma área de sombra na região, correspondente as olheiras. Na maioria dos doentes, há uma melhoria quase imediata, com uma redução na profundidade e da largura do sulco em si. Em alguns pacientes, porém, podem permanecer algumas olheiras residuais escuras devido a pigmentação da pele na região ao longo de muitos anos. Nesses pacientes, tratamentos adicionais com substâncias clareadoras podem ser necessários para um melhor resultado estético.

Vantagens do Uso do Ácido Hialurônico:

Não Permanente
Tal como acontece com todos os agentes preenchedores à base de ácido hialauronico, há uma absorção muito lenta do material injetado ao longo do tempo e as injecções podem ser repetidas de forma bastante segura, se necessário. Como seu rosto lentamente muda com o tempo, os médicos cosméticos têm agora reconhecido que os tratamentos não permanentes são vantajosos uma vez que lhes permite manter a harmonia e equilíbrio da região orbitária com o restante da face dos pacientes. Um material permanente como o silicone implantado em uma paciente com 30 anos, pode não parecer tão bom ou harmonioso se ainda presentes quando a paciente tiver 80 anos. Por esta razão, cada vez mis pacientes e seus cirurgiões procuram utilizar substâncias preenchedoras injetáveis não permanentes, ​​uma vez que eles permitem no futuro, uma reavaliação e tratamentos personalizados para cada paciente, de acordo com seu padrão individuas de envelhecimento.

Reversível
Outra grande vantagem do tratamento com a utilização de substâncias preenchedoras à base de ácido hialauronico é que ele pode ser rapidamente revertido, se o paciente assim o desejar. Na rara situação em que o paciente não esteja satisfeito com o tratamento, uma pequena injeção de hialuronidase ( uma enzima comumente usados ​​durante a cirurgia da catarata por mais de 20 anos) na região previamente tratada, pode ser usado para dissolver rapidamente o implante de ácido hialurônico.

Sem Necessidade de Cirurgia
De um modo geral, os tratamentos são muito bem tolerados, sendo virtualmente indolor, utilizando-se apenas uma pequena quantidade creme anestésico aplicado sobre a pele imediatamente antes da injeção. O procedimento geralmente é realizado ambulatorialmente e leva cerca de 5 minutos de cada lado, sem necessidade de internação hospitalar. O tempo de recuperação é muito rápido e, apesar de alguns pacientes percebem leve inchaço durante a primeira semana pós-operatória, a maior parte deste desaparece dentro de 10 dias, quando já se observa o resultado final. Outra característica interessante do ácido hialurônico se refere ao fato da substância permanecer moldável sob a pele durante as semanas seguintes ao procedimento, dando a chance do próprio paciente realizar uma auto modelagem de acordo com seu próprio gosto, por exemplo para suavizar eventuais minúsculas protuberâncias. A durabilidade do tratamento é cerca de 6-8 meses, período no qual a substância é reabsorvida pelo organismo.

2) CIRURGIA DE PALPEBRAS

O procedimento cirúrgico para eliminar olheiras é a blefaroplastia inferior ( cirurgia de palpebras )  indicada quando há presença de bolsas de gordura abaixo dos olhos, com ou sem flacidez da pele.

foto palpebras superiores e inferiores
Fig.2 – Foto das alterações na região das palpebras: bolsas de gordura e flacidez cutânea.

O procedimento geralmente é realizado sob anestesia local e sedação, possui duração média de 60 minutos e o paciente é liberado logo após sua realização, sem necessidade de internação hospitalar. Na blefaroplastia faz-se uma incisão na margem inferior dos supercílios, permitindo a a abertura do músculo orbicular e acesso para retirada das bolsas de gordura, que geralmente são três (interna, média e externa). No o pós-operatório, deve-se evitar a exposição solar e esforços físicos por 30 dias. Uma notável melhora no aspecto da pálpebra inferior já pode ser notada em 7 dias após o procedimento, porém o resultado final só é obtido após 3 meses,

3) CARBOXITERAPIA

Outra alternativa não cirúrgica para eliminar as olheiras se refere no uso da carboxiterapia. O tratamento consiste na injeção de gás carbônico de alta pureza no tecido subcutâneo por meio de uma finíssima agulha. O gás causa uma vasodilatação local, que aumenta o fluxo vascular e, consequentemente, aumenta a oxigenação local e estimula a formação de fibras de colágeno, proporcionando um clareamento gradual e suavização do olhar. Para se obter um bom resultado, a paciente deve realizar no mínimo dez sessões, com intervalo de 7 dias entre cada uma. A partir da primeira sessão, a paciente já pode observar uma melhora na textura e cor da pele.

Se você ficou interessada no assunto e quer saber como acabar com as olheiras, ligue para Bioplastica nos telefones 021-3547-8621 e 2284-1721 e agende sua consulta de avaliação.

2 Comments »

Leave a comment!

Add your comment below, or trackback from your own site. You can also subscribe to these comments via RSS.

Be nice. Keep it clean. Stay on topic. No spam.

You can use these tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

This is a Gravatar-enabled weblog. To get your own globally-recognized-avatar, please register at Gravatar.